A fotografia como ferramenta de venda para hotelaria

Atualizado: 6 de Mai de 2020

"Uma foto vale mais que mil palavras". Quem nunca escutou este ditado popular, não é? Mas será que vale mesmo? Se você estiver procurando um hotel para sua próxima viagem e achar dois hotéis similares no seu site de buscas preferido: um com bons comentários de antigos hóspedes só que com poucas fotos e todas escuras, tremidas, tortas, distorcidas ou com ambientes mal organizados; e outro com muitas belas imagens das instalações e serviços só que com comentários neutros. Pense com sinceridade: qual deles você escolheria? Ouso tentar adivinhar uma estatística conservadora para esta pergunta: 60% escolheria o segundo.





Mas se, além desses dois hotéis, você achasse um terceiro, um pouquinho mais caro, só que este tem lindas e atraentes imagens dos quartos, bem organizados e iluminados, das áreas comuns, dos serviços com funcionários impecáveis e sorridentes, do buffet e ainda com vários bons comentários de hóspedes. Você escolheria qual dos três? Novamente, arrisco uma estatística: 86% escolheriam o terceiro hotel.


E por que 86%? Porque esse foi o percentual de viajantes que afirmaram que as fotos e os vídeos do estabelecimento são fundamentais na hora de escolher onde se hospedar, numa pesquisa realizada pelo TripAdvisor. As imagens são tão poderosas assim porque o nosso cérebro consegue processar estímulos visuais até 60 mil vezes mais rápido do que textos. Então, atualizando o ditado popular do começo, eu diria que uma boa imagem vale mais do que muitas palavras, mas boas imagens e palavras juntas são garantia de sucesso.


No próximo post vou falar um pouco mais sobre as possíveis ações diante do cenário atual da pandemia, e também passar algumas dicas para fotografar com seu próprio celular. Acompanhe!


9 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo